Páginas

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Profissionais da educação realizam ato em frente ao MEC

educacao publica eu apoio facebook post2
No próximo dia 29 de junho, os trabalhadores em educação estarão reunidos em uma grande mobilização, na Esplanada dos Ministérios, em frente ao Ministério da Educação, em Brasília.
O ato, organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) é em defesa da democracia, da educação pública e dos direitos dos trabalhadores em educação.
Além disso, os profissionais protestam contra a plataforma do governo interino de Michel Temer, pautada no programa “Uma Ponte para o Futuro” que representa uma ameaça concreta ao direito à educação pública e às conquistas dos trabalhadores e das trabalhadoras em educação na última década.
Entre as medidas previstas estão, o fim da vinculação de impostos e contribuições para as políticas sociais; o fim das receitas do petróleo para a educação e a saúde; privatização da educação básica e superior; a ameaça ao piso do magistério e à política salarial dos servidores públicos e o fim da aposentadoria especial do magistério.
Apoiam o evento a União Nacional dos Estudantes (Une), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), a Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico (PROIFES), a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (CONTEE), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Campanha Nacional pelo Direito à Educação e o Movimento Interfóruns da Educação Infantil do Brasil (Mieib).
fonte: cnte

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Coordenação do Comitê Nacional de Educação Contra o Golpe se reúne amanhã (21), em Brasília

A coordenação do Comitê Nacional de Educação Contra o Golpe fará sua primeira reunião amanhã (21). O encontro acontece na sede da Contee em Brasília, às 14h.
A reunião tratará de debates e encaminhamentos da II Plenária Nacional e contará com a participação de representantes das entidades que compõem o Comitê: Contee, CTB, CUT, Fasubra, CNTE, Proifes, Ubes e UNE.
Após a reunião, todas as entidades que participaram da II Plenária Nacional receberão a ata do encontro do Comitê Nacional de Educação Contra o Golpe.
O Comitê Nacional de Educação Contra o Golpe, criado durante a II Plenária Nacional de Educação, é formado por entidades, movimentos, fóruns, redes e comissões e atuará nesse formato até a votação do impeachment. Posterior a essa data, e independente da votação, será transformado na “Frente Nacional em defesa da educação pública, gratuita, laica e de qualidade referenciada socialmente”.
fonte: contee

Sinpro Caxias promove debate sobre o cenário político-econômico atual

O Sinpro Caxias promove no dia 24 de junho a palestra “O Brasil pode ser protagonista?”, com o sociólogo e diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio. O evento será no auditório do Sindiserv, às 19h, e tem como objetivo fundamentar análises sobre o cenário político-econômico atual.

A palestra é voltada para lideranças sindicais, porém será aberta a todos que tenham interesse em participar. A entrada é gratuita.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

CNTE alerta para o crescimento de empresas multinacionais da educação

Foto ilustrativa PME
No último dia 30 de maio, o doutorando da Universidade de Alberta no Canadá, Curtis Riep foi detido pela polícia de Uganda, sob alegações falsas, enquanto realizava uma pesquisa encomendada pela Internacional da Educação (IE), sobre o impacto da Bridge International Academies, segundo informações divulgadas pela IE.
De acordo com a entidade, as práticas da Bridge estão sendo alvo de críticas em todo o mundo, pois entre outras coisas, contrata pessoal não qualificado para ministrar um currículo padronizado em instalações escolares inadequadas.
A Secretária de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e vice-presidente da Internacional da Educação para América Latina (IEAL), Fátima Silva, destaca que as empresas multinacionais da educação estão crescendo. “Cada vez mais no mundo e na América Latina e seus métodos são agressivos e contam com forte articulação nos espaços de poder executivo e legislativo. E esta atuação tende a se repetir em outros lugares do mundo”.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Seminário Nacional debate o papel dos meios de comunicação na sociedade

DSC 0028 resized 1 Copia
Com o tema “Comunicação de Esquerda em Tempos de Golpe Político”, o VI Encontro Nacional de Comunicação, realizado pela CNTE, reuniu representantes de 17 entidades filiadas, nos dias 6 e 7 de junho, no auditório da Confederação, em Brasília.
O objetivo do evento é aprofundar o debate político e ideológico sobre o papel dos meios de comunicação na sociedade e fortalecer os instrumentos que estão à disposição, a partir das novas tecnologias, para a disputa de hegemonia.
“Estamos com uma expectativa muito grande para esses dois dias de evento, principalmente, pelo momento que o país está atravessando, que exige debates sobre o papel dos meios de comunicação, nesse contexto de golpe político. Esperamos que os participantes saiam daqui com mais conhecimento e fortalecidos para enfrentar a luta nos seus estados”, ressaltou o Secretário de Imprensa da CNTE, Joel de Almeida.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Lincoln Secco: Os tucanos não têm uma política educacional

Segundo o historiador Lincoln Secco, o PSDB segue a mesma lógica do liberalismo oligárquico que vem desde a República Velha.

EBC
São Paulo está sendo palco de mobilização de massa das mais contundente dos últimos anos, a dos estudantes secundaristas. Adolescentes de forma espontânea, porém organizada, desafiam um governo que tem a mídia a seu lado e que não hesita em jogar todo aparato repressivo do estado contra movimentos sociais, como fez agora ao ordenar que a PM reprimisse os estudantes.