Páginas

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Entidades, formadoras da Plenária Nacional de Educação, lançam manifesto a ser encaminhado aos candidatos à presidência e ao legislativo

Entidades definem plano para aprofundar melhorias na educação

 educacao  br

As entidades que integram a Plenária Nacional de Educação – as quais representam, juntas, mais de 4 milhões de trabalhadores em educação dos setores público e privado, quase 70 milhões de estudantes secundaristas e universitários e parcelas significativas dos movimentos sociais e educacionais – aprovaram na quarta-feira (20), em Brasília, o manifesto “A educação tem que ser compromisso prioritário”.
O documento, que será encaminhado aos presidenciáveis e candidatos ao Legislativo, visa um comprometimento político das candidaturas com “o fortalecimento da educação pública, de qualidade, gratuita, laica, democrática, socialmente referenciada e isenta de quaisquer formas de discriminação, a serem ativamente combatidas”. A ideia não é apenas entregar o documento aos presidenciáveis, mas sim fazer com que eles se manifestem sobre as prioridades definidas pelas entidades e se comprometam com esta causa.

O DIA PUBLICA REPORTAGEM SOBRE EVASÃO ESCOLAR, NO RIO

Evasão escolar é maior nas favelas do Rio

Nas cinco maiores comunidades, número é de 10,3%. Só a Rocinha tem 17,1% de crianças de 6 a 14 anos fora da escola


Rio - As favelas do Rio são os locais de maior concentração de crianças e adolescentes que deixaram a escola, de acordo com levantamento da Casa Fluminense publicado neste domingo pelo DIA , com base no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud 2013). A Rocinha, com incríveis 17,1%, lidera a lista, seguida por Jacarezinho, com 14,5% (veja a lista no infográfico). Enquanto a média da cidade é 3%, nas cinco maiores comunidades ela vai a 10,3%.
“Se a estatística feita em Copacabana fosse desmembrada, separando morro e asfalto, certamente o percentual dos sem-escola aumentaria muito nas favelas. Não ficaria nos 2,6% atuais, média retirada do bairro inteiro”, argumenta o economista Mauro Osório, coordenador do Observatório de Estudos sobre o Rio de Janeiro e professor da Faculdade Nacional de Direito da UFRJ.
Números revelam maior evasão nas comunidades do Rio
Foto:  Arte: O Dia

Governo de São Paulo mantém comprovante de virgindade em concurso

ABSURDO: SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO EXIGE ATESTADO DE VIRGINDADE PARA MULHERES APROVADAS EM CONCURSO PÚBLICO!

Os testes são exigidos pelo Departamento de Perícias Médicas do Estado para admissão em concurso
Na última semana foi denunciado que a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo estava exigindo teste de virgindade a mulheres aprovadas em concurso público.
A denúncia fez com que a Secretaria de Educação do Estado divulgasse a revisão da lista de testes exigidos para mulheres aprovadas no concurso para Agente de Organização Escolar e que ainda não tomaram posse, mas o governo decidiu manter o teste de virgindade. O teste é uma exigência para que outros exames não sejam realizados, no caso de mulheres “sexualmente iniciadas”.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Contee trata da expansão da educação superior na América Latina em seminário da Red Estrado

A coordenadora-geral da Contee, Madalena Guasco Peixoto, foi uma das expositoras do painel “Os docentes e os processos de expansão da educação superior na América Latina”, realizado hoje (13), em Salvador (BA), durante o segundo dia do X Seminário da Rede Latino-Americana de Estudos sobre Trabalho Docente (Red Estrado). A coordenadora da Secretaria de Assuntos Educacionais da Contee, Adércia Bezerra Hostin, também participou da oficina “Os sindicatos no debate das políticas educativas e a defesa das condições do trabalho docente”.
As atividades vão até a próxima sexta-feira (15). O tema geral do seminário é “Direito à educação, políticas educativas e trabalho docente na América Latina: experiências e propostas em disputa”. A Red Estrado, que completa 15 anos em 2014, representa o resultado do esforço coletivo de investigadores de diferentes países latino-americanos que, em diversas instituições acadêmicas e sindicais, pesquisam sobre o trabalho docente. Segundo a rede, os seminários já realizados têm se constituído em um importante espaço de intercâmbio e contam com o apoio dos pesquisadores e suas instituições.
fonte: CONTEE

Conselho Nacional de Entidades da CNTE se reúne em Brasilia

O currículo do curso de tecnologia em processos escolares foi outra pauta. A conversa tratou da necessidade de avançar na formação universitária para melhorar as praticas educativas e a vida do trabalhador. Daniel Avelino, membro da equipe da Secretaria Geral da Presidência da República, também esteve presente, falando sobre o Decreto nº 8243 da Presidência da República, que institui a Política Nacional de Participação Social. 
Nos dias 7 e 8/8 o Conselho Nacional de Entidades (CNE) da CNTE se reuniu em Brasília. O grupo discutiu política nacional e internacional e os desafios para o movimento sindical em debate com o presidente da Confederação Sindical Internacional (CSI), João Felício, e com o membro do Conselho de Administração da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o secretário de finanças da CNTE, Antônio Lisboa.

Nota de pesar sobre tragédia em Santos

eduardo campos
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE lamenta o trágico falecimento do candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos, em acidente de avião em Santos. Manifestamos nossas condolências aos familiares de Eduardo Campos e de todas as vítimas deste acidente.

fonte: CNTE

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

30 de Julho como Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

Assembleia Geral da ONU instituiu o dia 30 de Julho como Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, data em que foi aprovado o Plano Global de Combate ao Tráfico de Pessoas. O governo brasileiro aderiu à campanha Coração Azul da ONU em 2013. Segundo estimativas do Instituto Europeu para o Controle e Prevenção do Crime, cerca de 500 mil pessoas por ano são traficadas de países mais pobres só para a Europa. O instituto dispõe de levantamento que indica, também, em relação ao tráfico de pessoas para fins sexuais, que 98% das vítimas em todo o mundo são mulheres.

Por se tratar de um tema importante e urgente, a ONU faz uma mobilização mundial por meio da campanha Coração Azul. As Nações Unidas estimam que nada menos que quatro milhões de pessoas são vítimas hoje desse tipo de crime em todo o mundo, dentre as quais meio milhão é traficado principalmente para exploração sexual.